Os Ceitis foram cunhados durante quase toda a 2ª Dinastia de D. Afonso V a D. Sebastião. São moedas de tipologia muito uniforme e facilmente identificáveis pelo Castelo que ornamenta o anverso. A uniformidade de tipologia multiplica-se em centenas de estilos e variantes diferentes, sendo uma moeda que atrai um largo número de colecionadores. A raridade varia muito dentro de cada reinado, sendo no entanto de admitir que os reinados de D. João II e D. Sebastião serão os menos comuns. Adicionalmente, há estilos que são sempre raros, como por exemplo os "coroados", os "bordadura" ou o mítico Arábico, o único que não apresenta um castelo.


https://sites.google.com/site/numismaticapa/a5https://sites.google.com/site/numismaticapa/J2https://sites.google.com/site/numismaticapa/m1https://sites.google.com/site/numismaticapa/j3https://sites.google.com/site/numismaticapa/s

O Museu da Moeda apresenta já um considerável número de Ceitis, a lista das referências existentes pode ser consultada aqui.